Traça-do-buxo

Que espécie é esta: traça-do-buxo

O leitor António Fernandes Costa encontrou esta borboleta a 22 de Setembro em Coimbra e pediu para saber qual é a espécie. A equipa da Rede de Estações de Borboletas Nocturnas responde.

“A borboleta em anexo pousou no para-brisas do meu carro em Coimbra. Qual a espécie?”, perguntou o leitor à Wilder.

Trata-se da traça-do-buxo (Cydalima perspectalis). 

Espécie identificada e texto porRede de Estações de Borboletas Nocturnas

É uma espécie exótica que pode ser considerada praga por se alimentar vorazmente de buxo, uma planta ornamental amplamente utilizada em sebes, mas que também tem populações autóctones em Portugal.

Esta é uma espécie da família Crambidae, descrita para a Ciência em 1859 pelo entomólogo britânico Francis Walker.

É nativa do Japão, China, Taiwan, Coreias, Rússia e Índia. Invadiu a Europa desde que foi registada, pela primeira vez, na Alemanha em 2006.

Os adultos têm uma envergadura de asa entre os 40 e os 45 milímetros.

Há duas variações de cor nesta espécie, sendo a mais comum a que é maioritariamente branca; a outra é quase toda castanha clara.

As larvas alimentam-se de folhas e rebentos de várias espécies de buxos.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

Equipa Wilder

A nossa missão é inspirá-lo a apreciar a natureza e a melhorar a biodiversidade, através de conteúdos de elevada qualidade editorial que lhe sejam úteis.