Que espécie é esta: licranço

O leitor Saul Costa fotografou este animal em Julho em Cinfães do Douro, no vale do rio Bestança, e quis saber qual a espécie. Guilherme Caeiro-Dias responde.

Trata-se de um licranço (Anguis fragilis).

Espécie identificada e texto por: Guilherme Caeiro-Dias, primeiro autor do estudo que elevou ao estatuto de espécie a lagartixa-lusitânica (Podarcis lusitanicus), antigo aluno de doutoramento no CIBIO-InBIO, agora a trabalhar na Universidade do Novo México, nos Estados Unidos.

Nestas fotos vemos um licranço (Anguis fragilis) macho. Os machos, geralmente, têm uma coloração mais ou menos uniforme, como é o caso deste indivíduo. As fêmeas normalmente têm os flancos mais escuros (castanho ou preto) e uma linha dorsal também mais escura.

Apesar de ter o corpo alongado e não ter patas esta espécie é mais aparentada com os lagartos do que com as cobras. Se observarmos com atenção a cabeça é possível ver que, de forma geral, se parece mais com uma “cabeça de lagarto” do que com uma “cabeça de cobra”. Ao contrário do que se acredita em muitas zona do país onde a espécie está presente, não produz veneno e é totalmente inofenciva.


Pode gostar de saber que temos Fichas de Campo Wilder sobre estas espécies:

Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

Equipa Wilder

A nossa missão é inspirá-lo a apreciar a natureza e a melhorar a biodiversidade, através de conteúdos de elevada qualidade editorial que lhe sejam úteis.