Bicho-pau-indiano. Foto: Susana Silva

Que espécie é esta: bicho-pau-indiano

A leitora Susana Silva fotografou este insecto a 14 de Setembro em Arrifana, Santa Maria da Feira, e quis saber qual a espécie a que pertence. José Manuel Grosso-Silva responde.

“O meu nome é Susana e encontrei este inseto por acaso enquanto estava a limpar ervas daninhas num campo agrícola em Arrifana, Santa Maria da Feira. Nunca tinha visto nada parecido, a não ser os insetos pau, que creio não existirem nestas latitudes… Na fotografia não dá para ver muito bem. No vídeo vê-se melhor. É curto porque entretanto perdi o bichinho de vista, mas penso que será suficiente para conseguirem identificar. Espero que possam ajudar!”, escreveu a leitora à Wilder.

Tratar-se-á de um bicho-pau-indiano (Carausius morosus).

Espécie identificada por: José Manuel Grosso-Silva, responsável pelas colecções entomológicas do Museu de História Natural e da Ciência (Universidade do Porto).

“Pelo que consigo ver no vídeo, parece-me ser um bicho-pau-indiano, Carausius morosus“, disse José Manuel Grosso-Silva.

Esta é uma “espécie de origem indiana introduzida tanto em Portugal continental como em ambas as regiões autónomas”, explicou.

Não se sabe exatamente quando foi introduzida em Portugal, encontrando-se atualmente dispersa por várias áreas.

Esta espécie alimenta-se à noite, quando está activa. Durante o dia, estes insectos descansam, muitas vezes com as patas alinhadas com o corpo nas plantas das quais se alimentam. 

Quando são perturbados, os bichos-pau-indianos têm as suas estratégias de defesa. Uma delas é fingirem-se de mortos, ficando com o corpo rígido; outra é balançarem-se para simularem o movimento da vegetação ao vento e passarem despercebidos.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

Equipa Wilder

A nossa missão é inspirá-lo a apreciar a natureza e a melhorar a biodiversidade, através de conteúdos de elevada qualidade editorial que lhe sejam úteis.