Que espécie é esta: bicho-pau

A leitora Elisabete Ribeiro fotografou este insecto a 4 de Junho em Ade, Almeida, e perguntou que espécie é esta. Rui Félix responde.

“Vi um insecto muito interessante, não sei se é raro. Fiz algumas fotos que partilho. Muito obrigada pelo vosso trabalho”, escreveu a leitora à Wilder.

Trata-se de um bicho-pau da espécie Leptynia attenuata.

Espécie identificada e texto por: Rui Félix, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

Trata-se de um inseto que pertence à Ordem Phasmida, mais conhecido por bicho-pau, neste caso um macho adulto de Leptynia attenuata.

Estes curiosos insetos mimetizam pequenos ramos de madeira que usam como estratégia de camuflagem para potenciais predadores. 

Alimentam-se exclusivamente de plantas (fitógagos) e muitas espécies desta ordem (Phasmida) reproduzem-se assexuadamente por partenogénese, ou seja, através de um processo biológico onde uma fêmea adulta efetua uma postura de ovos não fertilizados (por um macho), que se desenvolvem numa nova geração, neste caso uma descendência que é uma cópia genética da progenitora.


Pode gostar de saber que temos Fichas de Campo Wilder sobre estas espécies:


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

Equipa Wilder

A nossa missão é inspirá-lo a apreciar a natureza e a melhorar a biodiversidade, através de conteúdos de elevada qualidade editorial que lhe sejam úteis.