Que espécie é esta: abelha-carpinteira

O leitor Miguel Lorena fotografou esta abelha a 29 de Abril em Linda-a-Velha e pediu ajuda na identificação. Albano Soares responde.

“Eu e a minha filha encontrámos esta abelha, já morta infelizmente. Trouxe para casa e tirei a fotografia que segue em anexo. Pela minha pesquisa, muito limitada devido à minha falta de conhecimentos do assunto, parece-me ser uma abelha-carpinteira-castanha (Xylocopa cantabria) mas gostaria de confirmar”, escreveu o leitor à Wilder.

Trata-se de uma abelha-carpinteira (Xylocopa violacea).

Espécie identificada e texto por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

É um macho de Xylocopa violacea, como atestam aqueles segmentos alaranjados quase na extremidada das antenas.

Esta é a nossa maior abelha. É uma abelha solitária, ou seja, não vive em sociedade como a abelha do mel.

Como o nome comum indica, este insecto escava madeira para fazer túneis onde coloca os ovos em células alimentadas com pólen e néctar. Muitas vezes utiliza cavidades já abertas.

Os adultos invernam em buracos saindo aos primeiros dias de Sol, muitas vezes em Janeiro.

As abelhas carpinteiras são importantes polinizadores de árvores de fruto e de outras plantas.

É uma espécie muito pouco agressiva, só ferrando se manuseada.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

Equipa Wilder

A nossa missão é inspirá-lo a apreciar a natureza e a melhorar a biodiversidade, através de conteúdos de elevada qualidade editorial que lhe sejam úteis.